Histórico

No segundo semestre de 2016, a Embrapa Florestas começou a estruturar o PronaSolos Paraná, este como um projeto integrante do Programa Nacional de Solos do Brasil – PronaSolos. Várias discussões técnicas dentro da Embrapa foram efetuadas para conformar a estrutura definitiva, uma vez que o projeto no Estado do Paraná executará, concomitantemente, pesquisas em solos e vegetação protetiva de rios e nascentes.

Após esta fase interna, o projeto passou por novas e importantes reformulações, desta feita em consonância ao arrazoamento de técnicos vinculados as secretarias estaduais, os quais incorporaram quesitos técnicos que proporcionaram maior legitimidade do projeto aos anseios e necessidades de desenvolvimento sustentável do Estado do Paraná.

Em 21 de fevereiro de 2017 o projeto foi apresentado pelos pesquisadores da Embrapa Florestas para secretários e técnicos de quatro secretarias do Estado do Paraná: Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Secretaria de Planejamento e Coordenação Geral, sendo o mesmo aprovado e redirecionado para estruturar parcerias e complementação de recursos financeiros. Como no Estado, as ações referente a “conservação de solo e água” são tratadas pelo Programa Integrado de Conservação de Solo e Água – PROSOLO PARANÁ, a condução nessa instituição ficou por conta da sua Secretaria Executiva.

A partir da sólida parceria instituída, inclusive com a incorporação da ITAIPU BINACIONAL, durante o ano de 2017 e parte de 2018, novos esforços foram feitos, porém já no sentido de concretizar as ações de pesquisa. Assim, o projeto teve início em junho de 2018 sob a supervisão coordenativa de três instituições: EMBRAPA Florestas, IAPAR e ITAIPU.

 

 

Recomendar esta página via e-mail: